Connect with us

Carreiras na Graduação

Como é o curso de História? Veja aqui!

Leia este texto e saiba como funcionam os cursos de Bacharelado, Licenciatura e Formação Pedagógica em História!

como é o curso de história

Os acontecimentos do passado são fascinantes, não é? Se você se empolga em conhecer as narrativas que forjaram o presente, desde as civilizações antigas até as revoluções que moldaram sociedades, vale a pena saber como é o curso de História! 

Assim, você pode seguir por uma formação com conteúdos que atraem seu interesse e proporcionam a construção de uma carreira com ótima empregabilidade, várias possibilidades de atuação profissional e grande valor social. Continue a leitura e conheça!

Como é o curso de História?

O curso de História pode ter estrutura, currículo e abordagens diferentes a depender da instituição de ensino e do tipo de formação (Bacharelado ou Licenciatura). Em geral, a duração é de 4 anos e pode ser encontrado tanto na modalidade presencial como na educação a distância (EAD).

Aqui na Unyleya, o curso dura 3 anos e meio e é 100% digital — por meio do ambiente virtual de aprendizagem, você tem acesso a todos os conteúdos, materiais e ferramentas necessárias para a sua formação, com a flexibilidade que só a EAD oferece!

Cabe dizer também que a procura pela modalidade EAD tem crescido, superando até mesmo o modelo tradicional de aulas presenciais. Segundo o G1: “em 2020, 53,4% optaram pela modalidade à distância, enquanto 46,6% escolheram cursos presenciais.” Afinal, todos querem ter os benefícios de poder estudar com uma agenda mais flexível e adaptada às necessidades da rotina moderna.

Dito isso, separamos as principais informações sobre como é o curso de História em cada tipo de formação. Veja!

Bacharelado em História

O Bacharelado é uma formação mais abrangente e genérica. O curso traz em sua grade curricular matérias amplas sobre os principais assuntos da História, de modo que o aluno sai da graduação com conhecimento em uma variedade de processos e períodos históricos. 

Entre as principais matérias, estão:

  • História Antiga — estudo das civilizações antigas, como Mesopotâmia, Egito, Grécia e Roma;
  • História Medieval — compreensão das sociedades medievais europeias, asiáticas e africanas;
  • História Moderna — análise de eventos significativos do período moderno, incluindo o Renascimento, Reforma, Iluminismo e Revoluções Modernas;
  • História Contemporânea — foco nos eventos e transformações do século XIX até os dias atuais, incluindo as Guerras Mundiais, a Guerra Fria e a descolonização da África e da Ásia;
  • História do Brasil — estudo da história do Brasil desde o período pré-colonial até os dias atuais, abordando questões sociais, políticas e culturais;
  • História e Cultura Afrobrasileira — compreensão mais profunda da história e da cultura da população afrodescendente no contexto brasileiro, desde os tempos da escravidão até os movimentos de resistência, a luta por direitos civis e as contribuições significativas da cultura afrobrasileira para a identidade nacional;
  • História da América Latina — análise das sociedades latino-americanas, incluindo períodos coloniais, movimentos de independência e desenvolvimentos contemporâneos;
  • Historiografia — conhecimento sobre as diferentes abordagens teóricas e metodológicas que os historiadores têm adotado ao longo do tempo e das implicações filosóficas, culturais e políticas na construção de visão de mundo a partir da História.

Além das matérias obrigatórias, o aluno precisa realizar um trabalho de conclusão de curso (TCC) para obter o diploma de graduação. Trata-se de um estudo mais aprofundado sobre algum tema específico de interesse do aluno, proporcionando a experiência com a pesquisa científica e a redação acadêmica. 

Após concluir o Bacharelado em História, os graduados podem seguir diferentes caminhos profissionais, como pesquisa acadêmica, trabalhar em arquivos, museus, editoras, consultoria histórica ou até mesmo seguir carreiras fora do campo específico da História.

Licenciatura em História

A Licenciatura em História é um curso voltado para a formação de professores para a educação básica (Ensino Fundamental e Médio). O curso combina as disciplinas específicas de História com disciplinas pedagógicas que preparam os alunos para o exercício da docência. 

Então, além das matérias que você já viu acima, essa graduação traz algumas disciplinas comuns a todas as Licenciaturas, como: 

  • Comunicação e Linguagem — aborda as habilidades de comunicação oral e escrita, essenciais para o trabalho do professor de História;
  • Educação e Tecnologia — trata da integração de tecnologias da informação e comunicação (TICs) no ambiente educacional;
  • História da Educação — examina a evolução do sistema educacional ao longo do tempo, desde as práticas educacionais antigas até as abordagens modernas;
  • Psicologia da Educação — explora teorias de desenvolvimento cognitivo, motivacional e afetivo e outros aspectos psicológicos envolvidos nos processos de ensino-aprendizagem;
  • Didática — Essa disciplina foca nas técnicas e métodos de ensino. Os futuros professores aprendem a planejar aulas, desenvolver estratégias de ensino e avaliação;
  • Políticas Educacionais — examina as políticas que moldam o sistema educacional, incluindo legislação, normas curriculares e estruturas institucionais;
  • Educação Inclusiva — foca nas estratégias para lidar com a diversidade na sala de aula, incluindo adaptações curriculares e estruturais para atender às necessidades de pessoas com deficiência.

Em termos de mercado de trabalho, os licenciados em História têm basicamente todas as possibilidades que os bacharéis. A grande diferença está no ensino: só é possível dar aulas na educação básica com o grau de Licenciatura. 

Então, podemos dizer que esse tipo de formação favorece ainda mais a empregabilidade, tanto pela possibilidade exclusiva da sala de aula, como pela grande demanda de professores no Brasil. 

Para que você tenha ideia, um estudo conduzido pelo Instituto Semesp aponta o risco de um “apagão de professores”, com um déficit de até 235 mil profissionais na educação básica até 2040. Esse é um grande problema no sistema educacional brasileiro, mas, por outro lado, indica quanto a docência é uma oportunidade promissora de carreira. 

Outra particularidade é que, além das matérias obrigatórias e do TCC, os alunos da Licenciatura têm estágio curricular obrigatório. Esse é o momento de integração teoria-prática e de vivência no cotidiano em escolas, tanto no exercício da docência como na gestão escolar. 

Formação Pedagógica em História

A Formação Pedagógica em História é uma modalidade de curso voltada para aqueles que já têm um Bacharelado em História (ou em áreas afins) e desejam obter a habilitação para o exercício da docência.

Ela funciona, então, como um curso complementar. Por isso, é bem mais rápida: dura apenas 3 semestres (1 ano e meio). A formação foca nas habilidades e conhecimentos necessários para atuar como professor de História, incluindo estágios práticos em escolas.

Trata-se de uma ótima opção para aqueles que desejam fazer uma transição de carreira ou que decidiram seguir a profissão de ensinar após terem concluído a graduação em História.

Quais são as principais áreas de atuação?

Gostou do que leu até aqui? Então, veja mais de perto algumas das principais possibilidades de atuação para formados em História!

  • ensino — como dito, essa é uma oportunidade exclusiva para quem faz Licenciatura. Os profissionais são absorvidos em escolas de ensino fundamental e médio, tanto na rede pública como privada;
  • pesquisa acadêmica e ensino superior — para quem continuar os estudos com uma pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado), é possível seguir na carreira acadêmica, com a pesquisa e a docência no ensino superior;
  • arquivos e museus — há oportunidades para historiadores na curadoria de exposições, gestão de acervos, pesquisa de artefatos históricos e trabalho em instituições culturais;
  • gestão de patrimônio histórico — profissionais de História também podem se envolver na preservação do patrimônio cultural, trabalhando com órgãos governamentais, organizações não governamentais (ONGs) ou empresas privadas especializadas;
  • consultoria histórica — empresas, governos e organizações podem contratar historiadores para fornecer consultoria em projetos diversos, como planejamento urbano, desenvolvimento de políticas, análise de documentos, entre outros;
  • jornalismo e editoração — historiadores podem trabalhar como jornalistas especializados em História ou colaborar com editoras na produção de materiais educacionais, livros e revistas;
  • turismo cultural — em destinos turísticos com relevância histórica, os graduados em História podem trabalhar no setor de turismo cultural, guiando visitantes por locais históricos e oferecendo interpretação histórica;
  • produção audiovisual — alguns historiadores se envolvem na produção de documentários, séries históricas e outros projetos audiovisuais que precisam de uma ambientação histórica.

E aí, gostou de saber como é o curso de História? Agora que você já conhece os principais pontos sobre o Bacharelado, a Licenciatura e a Formação Pedagógica na área, viu que essa é uma área cheia de oportunidades, não é?

Então, faça a inscrição no curso de História e comece a construir sua carreira!

Avalie post
Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.800 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


Copyright Unyleya ©. Todos os direitos reservados.