Connect with us

Carreiras na Graduação

Pedagogia ou Psicologia: qual é a melhor opção para você? Descubra aqui!

Pedagogia ou psicologia
Tempo de Leitura: 4 minutos

Pedagogia ou Psicologia: qual curso fazer? Por incrível que pareça, você não é a única pessoa que tem essa dúvida. Essas duas graduações têm alguns pontos em comum que atraem quem tem interesse em ajudar as pessoas.

No entanto, a área de atuação de cada uma dessas profissões é bem diferente. Desse modo, para saber qual carreira é a ideal para você, é importante conhecer detalhes sobre o curso, mercado de trabalho e dia a dia de um profissional da Pedagogia e da Psicologia.

Neste post, vamos ajudar você a identificar qual dos seguintes cursos é mais a sua cara: Pedagogia ou Psicologia. Continue lendo e saiba como se decidir!

Quais são as diferenças entre os cursos de Psicologia e Pedagogia?

O foco da faculdade de Psicologia é condicionar o aluno a desenvolver conhecimentos e habilidades fundamentais para a compreensão do comportamento de cada indivíduo. Questões sociais, condições biológicas, doenças que afetam a saúde mental e o processo de percepção e reação a emoções são alguns dos temas estudados nessa graduação.

Já o curso de Pedagogia visa preparar o estudante para contribuir com a educação de novos alunos. Além de estudar as dificuldades e as etapas envolvidas no aprendizado, os pedagogos aprendem também questões relacionadas ao desenvolvimento infantojuvenil e à solução de problemas de aprendizagem.

Apesar de terem alguns pontos em comum, como o estudo da cognição humana e das estruturas que envolvem o aprendizado, os cursos de Pedagogia e Psicologia são bem diferentes. Enquanto o primeiro forma um pedagogo para atuar na área da Educação, o segundo forma um psicólogo para seguir carreira na Saúde.

Quais são as principais matérias disponibilizadas por cada um? 

Quer entender mais sobre o que diferencia cada curso? Então, dê só uma olhada na grade curricular de Psicologia e Pedagogia!

Psicologia

Ao longo dos 5 anos de bacharelado em Psicologia, o aluno tem contato com disciplinas como:

  • História da Psicologia;
  • Introdução à Filosofia;
  • Neuroanatomia;
  • Psicofisiologia;
  • Aprendizagem e Memória;
  • Ética;
  • Direitos Humanos;
  • Bases do Comportamento;
  • Psicopatologia;
  • Psicofarmacologia;
  • Avaliação Psicológica;
  • entre outras.

Pedagogia

Enquanto na licenciatura em Pedagogia, de duração de 3 anos, as matérias mais comuns são:

  • História da Educação;
  • Didática;
  • Educação e Diversidade Cultural;
  • Comunicação e Linguagem;
  • Políticas Educacionais;
  • Libras;
  • Gestão Educacional;
  • Dificuldades de Aprendizagem;
  • Teoria e Prática da Alfabetização;
  • Educação Inclusiva;
  • entre outras.

Qual é o perfil ideal de estudante para cada curso? 

Quer saber se você combina com alguma dessas duas graduações? Então, confira como é o perfil ideal para o estudante de cada curso!

Qual carreira mais combina com você?

Estudante de Pedagogia

Um pedagogo, acima de tudo, dá muita importância para a educação. Essa é a característica fundamental para ter a iniciativa de ajudar na formação de novos alunos. Desse modo, vale ressaltar também que a curiosidade para aprender é outro dos seus pontos fortes.

Ser uma pessoa comunicativa também faz parte do perfil do estudante de Pedagogia. Afinal, ele terá contato com diversas pessoas ao longo da profissão, e saber expressar as ideias de forma clara é essencial para ensinar. Ter empatia e inteligência emocional também é importante para respeitar o ritmo dos alunos e conseguir ouvi-los adequadamente.

Além do mais, um estudante de Pedagogia costuma ser uma pessoa criativa. Tanto nos trabalhos acadêmicos quanto no dia a dia como um pedagogo, é importante ter ideias inovadoras que contribuam para o aprendizado das pessoas.

Estudante de Psicologia

O estudante de Psicologia também precisa ter um perfil empático e trabalhar a inteligência emocional. Além disso, o gosto pela leitura é indispensável, tendo em vista que, durante a graduação e após a formação, é necessário ler diversos livros e artigos para aprender os conteúdos e se atualizar.

Outro ponto marcante do aluno da Psicologia é o interesse em compreender a mente humana. Essa característica vai impulsionar os estudos e ajudar a manter a motivação mesmo nos momentos mais difíceis.

Não poderíamos deixar de fora a vontade de ajudar outras pessoas. Esse é um dos principais motivos que fazem com que uma pessoa se matricule no curso de Psicologia, independentemente de querer seguir na área clínica no futuro.

Como está o mercado de trabalho de cada carreira?

Antes de escolher um curso, é importante estar sempre de olho em como está o mercado de trabalho para a profissão. Assim, você garante que poderá desenvolver a carreira em uma área de atuação que seja do seu interesse.

A seguir, saiba mais sobre o mercado de trabalho na área da Pedagogia e da Psicologia!

Mercado de trabalho para Pedagogia

O pedagogo tem várias opções de atuação. A mais comum delas é o magistério, dando aulas para o Ensino Fundamental. No entanto, essa não é a única alternativa. Uma pessoa formada em Pedagogia também encontra ótimas oportunidades de emprego no mercado de trabalho em cargos na gestão escolar, pedagogia hospitalar e educação especial.

A boa notícia é que o mercado de trabalho para Pedagogia é amplo. Contudo, para se destacar entre os concorrentes, é importante apresentar um diferencial. Ter uma especialização ou experiência no currículo vale muito. Por isso, dedique-se aos estágios durante a graduação.

Mercado de trabalho para Psicologia

O mercado de trabalho também é favorável para profissionais da Psicologia. No entanto, quem quer seguir carreira clínica precisa ficar por dentro das abordagens psicológicas que estão em alta, como a cognitivo-comportamental, psicanálise e humanista, e nas demais áreas na qual se especializar.

Outros espaços em que um psicólogo pode exercer função são o setor de Recursos Humanos (RH), os hospitais, a área jurídica e a consultoria. Tudo vai depender das suas expectativas de carreira e afinidades.

E agora, já sabe dizer se prefere Pedagogia ou Psicologia? Ambas as carreiras oferecem benefícios e têm um valor importante para a sociedade. Desse modo, é importante analisar as características de cada uma, como mercado de trabalho, perfil profissional e graduação, e escolher a área que mais combina com você. Lembre-se de que é possível se especializar em uma área que una as duas profissões, como a Psicopedagogia.

Quer saber como começar agora um curso superior? Então, entre em contato conosco e saiba mais sobre a Unyleya!


Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.400 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


unyleya.edu.br

Copyright 2020 Unyleya ©. Todos os direitos reservados.