Connect with us

Especialize-se

O que são disciplinas complementares e como elas funcionam?

Disciplinas complementares
Tempo de Leitura: 4 minutos

É normal que os alunos não deem tanta importância para as disciplinas complementares ou que as façam de qualquer jeito, apenas para cumprir com as obrigações necessárias à grade curricular para conseguir o diploma universitário. No entanto, elas podem ser de grande ajuda para a sua carreira se você se permitir aproveitá-las.

Além disso, fazer uma boa escolha das disciplinas de caráter optativo do seu curso só tem a oferecer vantagens na sua carreira. Afinal, é uma oportunidade para aprender algo a mais que pode ser importante para o desenvolvimento profissional.

Pensando nisso, montamos este conteúdo para ajudar você a entender melhor o que são as disciplinas complementares e como elas são de grande utilidade na sua vida universitária. Acompanhe o post e saiba mais sobre o assunto!

O que são disciplinas complementares?

As disciplinas complementares fazem parte da carga horária dos cursos de graduação e pós-graduação, porém, não são matérias obrigatórias para todos os alunos. Não conseguiu entender muito bem? Então vamos deixar mais claro.

Em suma, as disciplinas complementares são nada mais que opções de matérias que você pode escolher para acrescentar novos conhecimentos à sua trajetória no Ensino Superior. A escolha pode ser feita com base no que você acha que vai ser de utilidade para direcionar na área que pretende seguir, seja acadêmica, seja no mercado de trabalho.

Muitas pessoas acabam enxergando as disciplinas complementares como algo desnecessário. Contudo, esse pensamento é bastante limitado e não permite enxergar os benefícios do estudo adicional. Afinal, nos cursos de graduação e pós-graduação, alguns conceitos não são aprofundados, mas podem ser eles que vão trazer o diferencial para o seu perfil no mercado de trabalho.

Uma solução que muitas instituições de ensino aplicam para minimizar esse problema é a oferta de disciplinas complementares. Assim, o aluno não perde a oportunidade de aprender mais sobre esses conhecimentos, que podem ser obtidos por meio da realização de matérias optativas.

Desse modo, optar por fazer uma matéria complementar é uma ótima maneira de enriquecer o seu currículo de forma simples. Isso porque mostra ao recrutador a disposição do profissional para aprender mais e aproveitar ao máximo os benefícios que a instituição de ensino oferece para se desenvolver.

Quem pode fazer uma disciplina complementar?

Todo aluno que esteja matriculado em uma instituição de ensino, no curso de graduação ou de pós-graduação, independentemente do tipo, pode fazer uma disciplina complementar.

Isto é, se você estiver cursando bacharelado, licenciatura, tecnólogo, especialização, MBA, mestrado ou doutorado, pode aproveitar a oportunidade de incrementar a carga horária do seu curso e os seus conhecimentos sobre determinado campo.

Entretanto, cada instituição de ensino tem os seus critérios e regras para isso. A maioria oferece um limite de disciplinas complementares que podem ser feitas, sendo geralmente 6. Além disso, é provável que elas tenham um custo adicional se você estuda na rede privada.

Quando fazer uma matéria desse tipo?

É interessante fazer uma matéria desse tipo quando você já fez boa parte de seu curso e identificou os conteúdos que gostaria de aprender melhor. Assim, é possível fazer uma escolha apropriada das disciplinas de caráter complementar, aproveitando melhor os benefícios oferecidos por elas.

Sendo assim, se você ainda estiver no começo do seu curso, vale a pena apenas pesquisar as disciplinas complementares disponíveis na instituição de ensino. Desse modo, quando você cursar a maior parte das matérias obrigatórias, já terá noção de quais optativas pode acrescentar o que já aprendeu.

Como fazer uma disciplina complementar?

Agora que você já sabe o que é uma disciplina complementar, quem pode fazê-la e quando é indicado começar uma, chegou a hora de saber, de fato, como escolher uma matéria optativa.

Existem alguns fatores para analisar antes de fazer a escolha da disciplina complementar. Afinal, como ela não é obrigatória, vale a pena apostar nas opções que trazem mais vantagens para a sua carreira e que se encaixam na sua rotina atual. Veja algumas dicas de como fazer uma matéria desse tipo, a seguir!

Considere a sua área de interesse

Já parou para pensar em qual área de atuação você quer construir uma carreira? Isso é importante para saber mais sobre as suas oportunidades e quais são as habilidades e competências profissionais necessárias nesse campo.

Por exemplo, se você é da área da Enfermagem e pensa em dar aulas futuramente, fazer uma disciplina complementar que ajude a desenvolver mais os conceitos de docência na área da saúde seria de grande ajuda.

Confira os pré-requisitos

Para cursar uma disciplina, às vezes, é necessário já ter feito uma outra, podendo ser obrigatória ou complementar. Isso é necessário, pois as matérias exigidas oferecem o conteúdo-base para que o aluno consiga acompanhar e compreender os conceitos mais avançados.

Portanto, antes de se inscrever, não deixe de realizar uma pesquisa para conhecer os pré-requisitos das matérias complementares que você pensa em fazer. Assim, você evita problemas e garante que conseguirá aproveitar ao máximo os conteúdos.

Veja quando ela será ofertada

Nem sempre as disciplinas complementares estão disponíveis em todos os semestres do ano. Contudo, as instituições de ensino costumam avisar quando abrem vagas para uma turma em determinada matéria. Por isso, fique por dentro dessas informações.

Saiba os horários e a sua duração

É importante também que você consiga encaixar a disciplina complementar em sua rotina. Por essa razão, é fundamental se informar sobre os horários em que ocorrerão as aulas, se elas são presenciais ou EAD e de quantas horas é a sua duração.

Para mais informações sobre as disciplinas complementares, vale a pena sempre ler as informações disponibilizadas pela instituição de ensino, conversar com outros alunos e tirar dúvidas com os coordenadores dessas matérias. Assim, você se informa sobre tudo o que é necessário para acertar na escolha das matérias.

Agora que você já sabe o que são as disciplinas complementares, quais são as suas vantagens na carreira e como fazer boas escolhas, não deixe de pesquisar as opções que chamam a sua atenção. Invista agora no seu futuro e aproveite os benefícios que isso trará para o seu desenvolvimento profissional!

Gostou do assunto? Então aproveite a oportunidade e conheça as opções de disciplinas complementares que a Unyleya oferece!


Comentários

Copyright 2020 Unyleya ©. Todos os direitos reservados.