Connect with us

Especialize-se

Como estudar à noite? Confira 7 dicas para ter mais produtividade!

estudar-a-noite
Tempo de Leitura: 4 minutos

Para muita gente, só resta o período noturno para colocar as matérias em dia. E é aí que surge o problema, porque, depois de um dia corrido, o que a gente mais deseja é chegar em casa e relaxar, não é mesmo? Por outro lado, não podemos deixar nossa carreira de lado, então é preciso achar formas eficientes para estudar à noite e ter um bom rendimento.

Essa é a realidade para muitos alunos, que precisam driblar o sono e a exaustão para ter concentração e fixar melhor os conteúdos. A boa notícia é que, com 7 dicas, você pode ter mais produtividade mesmo estudando quando o sol já foi embora. Quer saber como fazer? Confira nosso post e saiba mais!

1. Tenha um espaço próprio para estudar

Vamos imaginar que você chegou em casa depois de um dia de trabalho, tomou um banho, se alimentou e foi pegar os livros e cadernos. Se a sua opção nessa hora é escolher o sofá ou a cama para estudar, os resultados não vão ser lá muito satisfatórios, concorda?

É necessário ter um cantinho para estudar à noite, com uma mesa e cadeira confortável, além de iluminação adequada para que você possa organizar os materiais e ficar condicionado a fazer as leituras e os exercícios nesse espaço. Assim, consegue se manter com uma boa postura para acompanhar os conteúdos com mais atenção.

2. Faça um cronograma de estudos

Além do local próprio para os estudos, não dá para toda noite você perder tempo pensando em qual tópico vai estudar naquele momento. Quando só se tem o período noturno para repassar as matérias, é fundamental fazer um planejamento dos assuntos que serão vistos em cada dia.

A dica é, no sábado ou domingo, fazer uma planilha com o cronograma semanal de estudos. Dessa forma, você divide os conteúdos de forma equilibrada e consegue até mesmo deixar mais tempo para aqueles com os quais tem mais dificuldade.

3. Estabeleça prioridades

Apesar de o cronograma ser um guia para você saber o que vai estudar à noite, é essencial considerar as prioridades nesse planejamento. Veja se há tarefas urgentes a serem feitas na semana e coloque-as no topo da lista. Pode ser um trabalho para entregar ou uma prova difícil, então, para evitar estresse nos estudos, resolva o que é mais importante em primeiro lugar.

Dessa maneira, você fica mais sossegado para dar continuidade às outras atividades e consegue ter uma boa produtividade.

4. Estimule a concentração

Os alunos que só conseguem estudar à noite precisam “brigar” contra o sono, o que pode atrapalhar em cheio a concentração. Por isso, o mais importante aqui é fazer com que sua mente fique interessada no conteúdo e não em outras distrações.

Para ter um bom rendimento, deixe o celular longe ou até mesmo desligado para que você não perca a atenção (e seu tempo) vendo as novidades nas redes sociais, ou conversando pelo aplicativo de mensagem.

Esse já é o primeiro passo para você ter foco nos estudos, mas não é só. Para estimular a concentração, comece a estudar pelos assuntos mais fáceis para entrar no ritmo aos poucos e, assim, conseguir pegar as leituras que vão exigir mais esforço.

Cuidado com estimulantes, como café e energéticos. Eles até parecem que vão ajudar, mas muitas dessas substâncias podem prejudicar o sono, comprometendo seu rendimento nos dias seguintes.

5. Cuide bem da saúde

Quando o assunto é estudar à noite, muitas pessoas já pensam em arrumar um tempinho maior para fazer as leituras, sacrificando, justamente, o sono. Mas, muita calma nessa hora! Vamos pensar juntos: quem consegue ter uma boa produtividade quando está precisando dormir? A resposta é: ninguém.

É que, na hora do sono, seu corpo e mente relaxam, renovando as energias para o próximo dia. Além disso, é nesse momento que o cérebro consegue fixar bem tudo o que foi aprendido. Então, faça um cronograma de estudos que não avance pela madrugada.

É claro que, de vez em quando, por conta de algum imprevisto ou por ser véspera de prova, você acabe burlando isso, porém tenha sempre o foco na sua saúde!

O corpo precisa estar bem para que você tenha disposição para estudar. Invista em uma boa alimentação e, se possível, tire um tempinho para a atividade física. Pode ser uma caminhada diária de 30 minutos.

Tudo isso vai contribuir para que você fique mais animado e motivado para estudar à noite e, assim, conquistar seus objetivos.

6. Não deixe acumular conteúdo

“Será que tem problema em deixar de estudar um dia? Amanhã à noite eu reponho o que não estudei hoje” — cuidado com esse pensamento. É que a gente se acostuma a procrastinar, só que, ao mesmo tempo, as matérias se acumulam.

Aí você pode ficar mais ansioso diante do volume de textos para ler, o que vai tirar seu foco nos estudos e atrapalhar todo o cronograma. A dica é ter disciplina e estudar um pouquinho por dia.

7. Faça pequenas pausas

Por fim, uma estratégia que pode fazer a diferença para quem precisa mandar o cansaço para bem longe na hora de estudar à noite: realize pequenos intervalos. Apesar de parecer contraditório, porque seu tempo é curto, na hora que você faz pausas curtas (de 10 minutos, por exemplo), consegue relaxar o cérebro e ter mais disposição para continuar.

Use esse intervalo para alongar o corpo ou tomar água e veja como fica mais tranquilo retomar os estudos. Aprender a fazer a gestão de tempo vai ajudar a melhorar sua produtividade.

Agora você já sabe como se preparar melhor para estudar à noite. Aliás, para muitas pessoas, esse é até o melhor horário, porque o ambiente está mais silencioso. Pode parecer difícil no começo, mas, com o tempo, o seu corpo entra no ritmo, e você incorpora esse hábito na rotina.

E aí? Achou as nossas dicas úteis? Compartilhe-as com seus amigos das redes sociais para que eles também consigam ter um bom rendimento na hora de pegar firme nos estudos à noite!


Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.400 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


unyleya.edu.br

Copyright 2020 Unyleya ©. Todos os direitos reservados.