Connect with us

Especialize-se

Qual a diferença entre graduação e pós-graduação?

Qual a diferença entre graduação e pós-graduação
Tempo de Leitura: 4 minutos

Você sabe qual a diferença entre graduação e pós-graduação? O próprio nome já dá alguns indícios do que pode distinguir esses dois tipos de curso superior, mas o que os diferencia de verdade vai bem mais além.

Tanto a graduação quanto a pós-graduação oferecem vantagens na carreira, pois permitem alcançar boas posições no mercado de trabalho. Essa é a importância de buscar uma especialização e continuar a sua formação após o Ensino Médio.

Neste post, vamos explicar mais a fundo o que diferencia entrar em um curso de graduação de fazer uma pós-graduação. Acompanhe e se informe!

Curso superior é importante para entrar no mercado de trabalho?

Um curso superior aumenta as chances de encontrar um emprego, de conseguir melhores remunerações e de subir de cargo dentro de uma organização. Isso acontece porque ao fazer uma graduação ou pós-graduação, você aumenta o seu conhecimento e as suas habilidades sobre uma área específica, tendo mais competência e base teórica para realizar algumas funções.

Por esse motivo, realizar um curso do Ensino Superior é muito recomendado para quem quer ter mais chances de entrar no mercado e crescimento de carreira. Para isso, é fundamental encontrar uma área com a qual você se identifique.

O que é um curso de graduação?

O curso de graduação é aquele que você entra depois de se formar no Ensino Médio. Esse é o único pré-requisito para ingressar no Ensino Superior e dar continuidade aos estudos — além de algumas exigências que cada instituição de ensino pede, como passar no vestibular.

A graduação pode ser dividida em 3 categorias: bacharelado, licenciatura e tecnólogo. No primeiro caso, o aluno vai ter uma formação mais abrangente sobre os assuntos de um curso, fortalecendo tanto a sua base teórica quanto as suas habilidades para pôr em prática o que aprendeu. A duração é de aproximadamente 4 anos, dependendo da área escolhida.

Já na licenciatura, o foco do ensino é formar profissionais aptos para lecionar no ensino básico (Ensino Fundamental ou Ensino Médio). Sendo assim, essa é uma boa opção para quem deseja ser professor. Sua duração na maioria das áreas é menor que a do bacharelado, sendo cerca de 3 anos.

Já o tecnólogo — que é totalmente diferente dos cursos técnicos — tem conteúdos mais práticos, abordando assuntos específicos, o que facilita a inserção no mercado de trabalho e o exercício de determinadas funções. Por conta disso, ele costuma durar cerca de 2 anos, sendo uma graduação mais curta que as demais.

Para começar os estudos em uma graduação, é necessário seguir o processo seletivo da instituição de ensino, que, na maioria das vezes, consiste em uma ou mais provas de vestibular (sendo próprias do local ou pelo Exame Nacional do Ensino Médio — Enem). Nessas avaliações, geralmente, será observado o conhecimento do aluno sobre disciplinas vistas no ensino básico.

E o que é um curso de pós-graduação?

Um curso de pós-graduação é realizado após a conclusão de uma graduação, por isso recebe esse nome, e é muito indicado para quem quer aumentar as chances de desenvolver a carreira e se aprofundar em uma determinada área.

Os tipos de pós-graduação se dividem em stricto sensu e lato sensu. O primeiro é voltado para quem deseja seguir carreira acadêmica, atuando como professor do Ensino Superior e pesquisador.

Essa categoria ainda é dividida entre mestrado (que confere o título de “mestre” ao formado) e doutorado (que torna o aluno um “doutor”), que costuma ser realizado após a conclusão do mestrado. Há ainda o pós-doutorado, em que é possível se especializar ainda mais em um campo do conhecimento específico.

Já o lato sensu é indicado para quem deseja seguir no mercado de trabalho, aumentando os seus conhecimentos sobre uma determinada área de atuação. Há também o MBA, voltado para os negócios. Eles ajudam a aprender mais sobre conteúdos que costumam ser vistos superficialmente durante a graduação, tornando o aluno um especialista nesse assunto.

Independentemente do tipo escolhido, a importância da pós-graduação é sempre reforçada. Afinal, ambas permitem que uma pessoa consiga se desenvolver mais em um campo específico do saber, aumentando o seu nível de autoridade sobre os assuntos envolvidos em sua área de especialização.

Quais as diferenças entre graduação e pós-graduação?

Como você pôde ver, ter um diploma no Ensino Superior traz diversas vantagens para a vida pessoal e profissional de um indivíduo. Por isso, investir nele é fundamental para o seu crescimento e para alcançar os seus principais objetivos.

No entanto, vale a pena esclarecer ainda mais qual a diferença entre graduação e pós-graduação. Veja o que as difere a seguir.

Tempo de curso

Como visto, com exceção do tecnólogo, a graduação tem duração média de 3 ou 4 anos — isso pode variar de acordo com o curso escolhido, pois alguns bacharelados, por exemplo, Medicina e Direito, podem durar até 6 anos.

Já a pós-graduação costuma ser mais breve. Entretanto, isso também vai depender do tipo de pós escolhida. Mestrados e cursos de especialização costumam levar cerca de 2 anos para serem concluídos. O doutorado, porém, requer um maior tempo para pesquisa e construção da tese, podendo chegar a até 4 anos. 

Requisitos para ingresso

Para ingressar em uma graduação, é necessário ter concluído o Ensino Médio, enquanto que para dar início a uma pós-graduação, é preciso ter um diploma de Ensino Superior. Esse provavelmente não é o único requisito para ser selecionado por uma instituição como aluno, contudo, os critérios de seleção variam muito de acordo com cada universidade ou faculdade.

Na pós-graduação Unyleya, por exemplo, basta encontrar a melhor opção de curso para você, fazer a pré-matrícula, seguir os demais procedimentos para a matrícula e dar início aos estudos 100% EAD.

Benefícios da pós-graduação

Os benefícios da pós também são diferentes dos que uma pessoa graduada tem. Com uma graduação no Ensino Superior, é possível exercer um cargo que demanda conhecimentos sobre a área. Por exemplo, para dar aulas no Ensino Fundamental I, é necessário se formar em Pedagogia.

No entanto, com um curso de pós-graduação, é possível exercer funções ainda mais específicas. Um pedagogo que se especializou em Psicopedagogia, por exemplo, é capaz de compreender melhor os processos internos de aquisição de conhecimento.

Essa especialização obtida na pós-graduação permite encontrar vagas de emprego direcionadas ao seu conhecimento, destacar-se no mercado de trabalho, receber salários maiores e ter mais reconhecimento na área em que atua.

Agora que você já sabe qual a diferença entre graduação e pós-graduação, não perca tempo e comece a investir no seu desenvolvimento profissional. Procure os cursos que mais despertam o seu interesse e continue os seus estudos.

Gostou da ideia? Então entre em contato conosco agora mesmo para tirar todas as suas dúvidas a respeito dos nossos cursos!


Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.400 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


unyleya.edu.br

Copyright 2020 Unyleya ©. Todos os direitos reservados.