Connect with us

Guia de Carreiras

Quer trabalhar com redes sociais? Veja o que é preciso neste post

Quer saber como trabalhar na área de gerenciamento de redes sociais? Clique aqui agora mesmo e saiba mais sobre o assunto!

gerenciamento de redes sociais
Tempo de Leitura: 8 minutos

Boa parte da nossa comunicação ocorre pelas redes sociais. É lá que recebemos notícias, buscamos entretenimento, conversamos com amigos e, por que não, criamos nossas fontes de renda. Trabalhar com o gerenciamento de redes sociais é algo novo, mas que tem se mostrado muito necessário dentro do Marketing.

Ao contrário do que alguns costumam dizer por aí, é possível, sim, ganhar dinheiro trabalhando com redes sociais. Esses profissionais são chamados de social media, e são capacitados para aproveitar ao máximo as funções das redes em prol dos objetivos de uma empresa ou de uma marca, sejam eles comerciais ou não.

Quer saber mais sobre o assunto e entender quais são os passos para se tornar um social media e começar a trabalhar com redes sociais? É só continuar a leitura!

Afinal, o que é social media?

A área de social media, que trabalha com as redes sociais, é um dos principais braços das estratégias de Marketing Digital — e também um dos mais comuns, já que elas são facilmente alcançáveis tanto por consumidores quanto por empresas. Qualquer empresa pode criar uma página no Facebook e começar a divulgar a sua marca.

No entanto, já passou o tempo em que a comunicação empresarial na internet se resumia apenas à divulgação de campanhas publicitárias. Um perfil no Instagram não pode ser tratado como um panfleto de vendas, assim como um canal no YouTube não é um comercial televisivo.

É com base na necessidade das empresas de criar e implementar estratégias realmente efetivas para se comunicar nas redes sociais que surge a profissão social media. Esse profissional é responsável, de forma geral, por gerenciar as mídias sociais da empresa, mantendo-as alinhadas à estratégia geral de Marketing e direcionadas a objetivos predefinidos.

Parece complicado, mas vamos explicar melhor. O gerenciamento de redes sociais pode ser dividido em três partes principais, que podem, ou não, ser executadas pelo mesmo profissional. Confira!

Qual a importância do social media?

As redes sociais se tornaram um dos melhores ambientes para a divulgação de empresas, visto que, por conta da era digital, seu crescimento foi muito maior do que outros meios de comunicação.

Em um cenário como esse, é natural que negócios cresçam mais rápido, uma vez que é possível manter uma comunicação mais próxima com clientes e potenciais clientes ao compartilhar conteúdo e interagir de forma a influenciar o comportamento de compra do público.

Esse meio possibilita uma expansão bastante rápida de negócios de qualquer área na internet e isso com investimentos muito menores do que quando comparado a outros tipos de mídia.

As redes sociais

A quantidade de usuários conectados à internet diariamente atingiu números jamais vistos e a tendência é de ainda mais crescimento, considerando o impacto da transformação digital e de conceitos como a Internet das Coisas.

Redes sociais, como o Instagram, o Facebook, o YouTube e o Twitter, são as que mais fazem os usuários ficarem online consumindo conteúdo. Isso mostra o quão importantes esses meios têm sido em nossa vida pessoal e o quanto as empresas precisam dar atenção ao espaço que têm lá.

O papel do social media

Para se destacar nesse universo de visualizações, é preciso criar conteúdo de qualidade e manter a marca próxima dos consumidores e do público-alvo. É aí que entra o conhecimento do social media.

O nível de conhecimento desse profissional é o que auxiliará o negócio a se aproximar virtualmente dos potenciais clientes ao acompanhá-los e interagir em seus posts. É importante notar, entretanto, que o foco é gerar conversão — o que significa que o social media deverá mostrar que a empresa é autoridade na sua área de atuação e criar estratégias de engajamento e vendas que sejam especiais para esse ambiente.

As estratégias utilizadas

Acompanhar redes sociais não é a única estratégia utilizada pelo profissional dessa área. Além de conhecer os clientes e o público-alvo da empresa — para direcionar o conteúdo da forma correta —, o social media precisa fazer uma análise das melhores formas de interação e das ferramentas disponíveis em cada plataforma.

Outro ponto importante é a necessidade de interação com usuários que ainda não seguem o perfil da empresa: ao aproximá-los por meio das publicações certas, fica muito mais fácil transformá-los em clientes, posteriormente.

Assim, entende-se que é preciso ir além de gostar de redes sociais: o social media precisa estar comprometido a estudar as plataformas, explorar seus recursos, visualizar padrões e entender as preferências dos seguidores.

Por fim, um bom social media deve ser capaz de desenvolver uma relação entre a marca e seu público por meio de interações, posts estratégicos e um conteúdo que seja relevante para atuais e potenciais clientes. Isso, é claro, enquanto analisa feedbacks e mede os resultados obtidos em postagens anteriores.

As redes sociais e o mercado

Para tornar mais clara a importância de um bom social media na gestão dos perfis da empresa nas redes sociais, confira a seguir alguns dos principais dados a respeito desse mercado.

É muito fácil perceber a importância de um bom social media na gestão dos perfis da empresa nas redes sociais ao notar os números de diversos relatórios e estudos publicados nos últimos anos. Esse é o caso do relatório apresentado pela Ebit/Nielsen que informa um crescimento de 47% das vendas online no primeiro semestre desse ano, a maior alta das últimas duas décadas, segundo a Exame.

Além disso, o Brasil é um dos países mais vantajosos para o investimento nas redes sociais. Isso porque, de acordo com uma pesquisa conduzida pela GlobalWebIndex, somos o segundo país no ranking dos que mais passam tempo nas redes sociais. Ou seja: sem dúvidas é um mercado com grandes oportunidades para as vendas digitais.

Como é feito o gerenciamento de redes sociais?

Sabendo dessas informações, é preciso saber exatamente como gerenciar as redes sociais de uma empresa, de forma a maximizar as conversões. A seguir, explicaremos melhor essa questão. Confira!

Planejamento

É a parte de pesquisa e definição da estratégia. É baseada em estudos aprofundados sobre a empresa e seu mercado de atuação. Deve considerar, entre outras coisas:

  • o mercado;
  • o público-alvo;
  • a cultura da empresa.

A partir do trabalho de pesquisa, o planejamento criará as buyer personas, que são representações fictícias dos clientes ideais daquela empresa, desenhados com base nos dados obtidos. Nessa etapa de planejamento também deve ser definido o tom da comunicação, o grau de formalidade, a frequência de publicações, entre outros detalhes.

Execução

Essa etapa é o momento em que tudo o que foi pesquisado e planejado é efetivamente colocado em prática. Aqui o social media busca produzir os melhores conteúdos, oferecer assuntos interessantes e material de qualidade a seus seguidores, criar engajamento e se manter em constante interação com o público.

Para que a execução funcione bem, é preciso que o social media estude e siga à risca o que foi definido no planejamento.

Análise e reestruturação

A última etapa é a análise, mas ela também pode ser a primeira, já que o ciclo não termina. Ficou confuso? É que o gerenciamento de redes sociais precisa ser constantemente analisado e modificado, afinal, o mundo online não é estático e está em constante transformação.

Nessa parte é preciso olhar para a estratégia aplicada e verificar se ela trouxe os resultados esperados. Se a resposta for não, ela precisa ser reestruturada. Se for sim, ainda assim talvez ela precise ser reestruturada.

Como se tornar um social media?

Agora que você já sabe o que é um social media, voltamos à questão inicial: como trabalhar com redes sociais? Em primeiro lugar, é necessário desenvolver algumas competências que são essenciais para a área, começando pela boa relação com o português e pelos conhecimentos sobre as próprias redes, que serão seu campo de trabalho.

Para quem tem interesse na área e quer buscar uma graduação que seja útil para desenvolver as habilidades necessárias, o curso de Marketing é o mais indicado, afinal, a área de social media faz parte do Marketing Digital.

Entretanto, existem vários profissionais de outras áreas que atuam em social media, principalmente pessoas das áreas da Comunicação, Letras e até mesmo Administração. Nesse caso, para se aperfeiçoar no assunto, vale a pena tanto investir em uma segunda graduação quanto buscar uma pós ou especialização na área.

Quais as principais dicas para quem quer trabalhar com redes sociais?

Além de buscar uma formação, existem algumas habilidades e ações que podem ajudar muito a quem quer entrar no mundo do gerenciamento de redes sociais. Com base nisso, listamos quatro dicas importantes para você seguir. Quer saber quais são?

Domine a linguagem digital

Antes de mais nada, você precisa se lembrar constantemente de que está trabalhando em uma rede social — pode parecer óbvio, mas é de extrema importância, porque você de forma alguma deve fazer um post no Facebook da mesma forma que criaria o texto para um panfleto.

É preciso ter bom domínio do português, como já dissemos, e ainda ir além: conhecer e se adaptar ao modo como as pessoas se comunicam na internet. A comunicação online exige clareza, concisão e objetividade.

Também é importante ressaltar que existe um grau mínimo de informalidade necessário, e que essa linguagem nas redes varia de acordo com a persona a qual você se dirige.

Dominar a linguagem digital também significa saber seguir as tendências, dialogar com os memes e se adaptar aos trending topics do dia.

Crie um portfólio

A principal forma que você tem para provar que é bom nessa área é mostrando o que você já fez. Documente todos os trabalhos ou os que achar mais interessantes e monte um portfólio bem completo.

Se você está começando, vale criar planos de gerenciamento fictícios com base em análises de páginas reais, se oferecer como voluntário para microempresas ou ONGs e até mesmo criar uma página sua, usando suas habilidades para promover sua marca pessoal.

Desenvolva sua capacidade analítica

A capacidade de análise é importante em todas as etapas do gerenciamento de redes sociais. Ela inclui, entre outros aspectos, a aptidão para pesquisa e o olhar atento aos detalhes.

Algumas pessoas já são naturalmente mais analíticas, mas essa habilidade também pode ser desenvolvida com cursos, treinamentos e muita prática.

Aprenda a usar ferramentas digitais

Por fim, se você quer trabalhar no mercado digital, precisa aprender a lidar com as ferramentas que ele disponibiliza.

É preciso entender minimamente como funcionam os algoritmos de cada rede, aprender a usar todas as funcionalidades que elas disponibilizam para tornar seus posts mais atraentes, aprender a criar anúncios, entre outras coisas.

Essa parte é bem mais técnica que as outras, engloba conhecimentos específicos, e normalmente pode ser desenvolvida com cursos ou tutoriais das próprias ferramentas.

Faça cursos relacionados à comunicação

Ainda que o ramo de comunicação seja naturalmente mais aberto do que cursos de outras áreas, conta bastante que o profissional seja graduado em áreas com Publicidade e Propaganda, Marketing ou Jornalismo.

Essa formação ajuda o social media no desenvolvimento de estratégias bem estruturadas e ainda mais eficientes, tornando o profissional apto para lidar com cenários que demandem a gestão de crises, criação de conteúdo para setores ou situações específicas, relacionamento com o cliente, criação de campanhas e outras situações relevantes.

Tenha proximidade com as redes sociais e o mundo online

Parece uma dica óbvia, mas ainda assim vale o lembrete: é preciso ter afinidade com o mercado em que atua e as ferramentas com as quais trabalha.

Pode haver um engano em relação a isso quando se trata das redes sociais — uma vez que todos parecem estar habituados o suficiente —, entretanto, utilizá-las como meio de trabalho pode ser difícil sem essa afinidade. Ainda assim, ser um usuário que domina os recursos das principais plataformas sem dúvida é um diferencial.

Conheça mais sobre os outros recursos disponíveis

Complementando a dica anterior, gostar de redes sociais e estar habituado com o uso delas é um passo importante para conseguir trabalhar com os recursos adicionais, já que ao gostar de trabalhar com algo, é natural que se tenha mais agilidade na execução das tarefas.

Para garantir essa característica, a dica é estudar bastante, ter curiosidade e vontade de aprender. Um bom exemplo está no Facebook Business e seus recursos de análise de dados — que todos podem ter acesso e entender como funcionam.

Esteja sempre atualizado

Ser social media demanda estar sempre atualizado, já que constantemente novas tendências, plataformas e recursos são desenvolvidos. É preciso ter preparo para mudar a estratégia de uma empresa caso técnicas mais eficientes surjam ou as metodologias atuais já não façam tanto efeito.

O lado positivo dessa frequente mudança no ramo de redes sociais é justamente a atuação em um ambiente onde as atualizações chegam primeiro: da mesma forma que as redes sociais permitem identificar com muita facilidade quando a estratégia de uma empresa já não funciona, é lá que estão as novidades e o caminho pelo qual o negócio pode andar para estar à frente do mercado.

Trabalhar com redes sociais é algo que exige dedicação e abertura para o aprendizado constante. Além disso, tem atraído o interesse de muitos profissionais. Quanto mais capacitado você estiver, maiores são suas chances de se dar bem na área.

Entendeu como atuar com o gerenciamento de redes sociais? Então assine nossa newsletter e receba conteúdos como este em primeira mão!

Comentários

Copyright 2020 Unyleya ©. Todos os direitos reservados.