Connect with us

Dicas de Estudos

Como escolher um curso de extensão? Veja nossas 4 dicas

cursos de extensão
Tempo de Leitura: 4 minutos

Apostar nos cursos de extensão como uma estratégia para incrementar o seu currículo, garantir a atualização profissional e expandir os conhecimentos é sempre uma boa ideia. Afinal, é justamente essa a proposta desse tipo de programa didático.

O curso de extensão nada mais é do que um conjunto de atividades extracurriculares, que ajudam a aprender um pouco mais sobre um determinado assunto que, geralmente, não é abordado de forma tão profunda dentro de uma graduação. 

Para quem tem interesse em estudar novos temas fora da grade curricular do curso, acompanhe este post para saber como escolher a atividade de extensão ideal!

Como funciona um curso de extensão?

O curso de extensão tem como proposta oferecer um estudo complementar ao que foi dado em sala de aula durante o Ensino Superior. Geralmente, sua duração varia entre semanas e meses, e apresenta um conteúdo programático menor, em comparação com uma disciplina da graduação.

Uma instituição de ensino pode oferecer um curso de extensão nas mais variadas áreas, abordando temas diversos. Inclusive, essa é uma excelente maneira de conhecer mais nichos do mercado e encontrar um campo de atuação que chame a sua atenção, a fim de se inspirar para uma pós-graduação ou um planejamento de carreira.

Os cursos de extensão, na maioria das vezes, oferecem vagas limitadas, definem um público-alvo e apresentam alguns pré-requisitos para a participação. O objetivo desse tipo de programa é estender os conhecimentos e viabilizar novos aprendizados.

No entanto, isso não significa que um estudante só pode fazer um curso de extensão relacionado ao foco da faculdade que está fazendo. Apesar de algumas opções darem preferência por alunos da graduação associada ao tema das atividades, nem sempre esse é um critério.

Além disso, vale destacar que os cursos de extensão não são necessariamente voltados exclusivamente para estudantes matriculados no Ensino Superior. Como não se trata de uma regra geral, determinados programas sequer colocam esse grau de escolaridade como um requisito para a participação. 

Quais são as tendências para cursos de extensão?

Os assuntos que ficam em alta no mercado tendem a se tornar mais frequentes em cursos de extensão. Por exemplo, durante a pandemia e a adaptação das aulas presenciais para o ambiente online, programas de conteúdos que falam sobre lecionar na Educação a Distância (EAD) se tornaram mais atrativos para o público-alvo docente.

Outro exemplo é o intenso desenvolvimento tecnológico devido à Transformação Digital, que abre portas para um ótimo crescimento de carreira no mercado da Tecnologia da Informação. Nesse caso, cursos relacionados à TI também são mais procurados por profissionais e alunos das mais diversas áreas.

Ou seja, é possível encontrar opções voltadas para os mais diversos temas, dentro das mais variadas instituições de ensino. O importante é garantir que o curso está sendo ministrado por pessoas que entendem sobre o tema central.

Como escolher um curso de extensão?

Já que o que não faltam são opções de cursos de extensão, nada melhor que saber o que fazer para garantir uma boa escolha. A seguir, fique por dentro de 4 dicas úteis para essa tarefa!

1. Avalie o mercado

O primeiro passo é definir o que você espera do curso de extensão. Para quem deseja aproveitá-lo como um diferencial competitivo para se destacar nas melhores vagas profissionais, é importante estudar o que o mercado de trabalho está procurando.

Conhecer as tendências da área que deseja atuar, os requisitos para que um profissional tenha um crescimento de carreira satisfatório, além das perspectivas para os próximos anos do mercado de interesse são alguns exemplos de como fazer uma avaliação precisa do ponto de vista econômico, de demanda e de oportunidades de um nicho do mercado. 

2. Pense em sua carreira

Já surgiram algumas ideias de cursos de extensão que podem valer a pena? Então, agora, é hora de selecionar as melhores opções. Para isso, é importante pensar na sua carreira, em como deseja construí-la e onde deseja chegar com o seu próprio trabalho.

Sendo assim, é possível dar preferência aos cursos de extensão que favorecem o desenvolvimento profissional de acordo com o planejamento realizado. Um exemplo simples: uma pessoa que deseja ser professora pode fazer uma atividade extensionista voltada para o aprendizado de Libras ou aprimorar os conhecimentos dessa língua.

3. Entenda suas necessidades

O que você gostaria e precisa aprender? Essa é mais uma pergunta que pode ajudar a tomar uma decisão, diante da dúvida sobre qual curso de extensão fazer. Às vezes, você precisa estudar mais sobre um determinado conteúdo para não ter uma boa aprovação em uma disciplina da graduação, e o programa extensionista oferece justamente um conjunto de atividades alinhado à ementa da matéria em questão.

Nesse caso, se a sua necessidade é ter um bom desempenho no Ensino Superior, vale a pena aproveitar os conteúdos desse curso para aprender o que é preciso para conquistar a sua aprovação.

Por outro lado, se o seu interesse é ganhar horas complementares ou apenas saber um pouco mais sobre um novo assunto, suas opções se expandem. Além disso, caso você tenha pouco tempo disponível no dia a dia, vale mais a pena apostar nos cursos que têm uma menor duração e evitar a sobrecarga mental.

4. Escolha a modalidade

Assim como para saber qual curso superior fazer, é importante fazer a escolha da modalidade em que você pretende realizar as atividades de extensão. Por exemplo, é possível fazê-las totalmente na EAD, ao mesmo tempo em que se pode optar por encontros presenciais constantes ou pontuais.

Quais são as vantagens de escolher uma boa extensão?

A questão é que participar de um curso de extensão é uma ótima escolha. Com isso, é possível ter a oportunidade de engajar com mais atividades no período universitário e aproveitá-lo o máximo possível.

Outra das vantagens de apostar nos cursos de extensão é a aquisição de vivência em determinadas áreas, o que pode ajudar a reforçar o currículo de pessoas que não têm experiência profissional, por exemplo, ou servir como um diferencial.

Sem contar que essa é uma excelente maneira de desenvolver habilidades comportamentais ou técnicas sobre determinado assunto estimado pelo mercado, expandindo o seu potencial para ter acesso a uma boa vaga de emprego.

Viu só por que é uma boa ideia apostar nos cursos de extensão? Aproveitar as oportunidades disponíveis ao longo da graduação é a chave para ter a preparação que você precisa para alcançar uma carreira promissora. Além disso, não deixe de contar com uma instituição de ensino de qualidade, como a Unyleya, para ter a melhor experiência possível!

Este post chamou a sua atenção para a realização de cursos de extensão? Então, comece dando o primeiro passo. Conte conosco para ajudar no seu futuro! Entre em contato e saiba mais sobre as opções que temos na instituição!

Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.800 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


unyleya.edu.br

Copyright Unyleya ©. Todos os direitos reservados.